Notícias e eventos

Setor de Apoio aos Usuários do Portal Capes na UFMG realiza treinamentos na Universidade e em outras instituições

Carla Pedrosa

Treinamentos sobre o Portal de Periódicos da Capes, apresentações para alunos de cursos da pós-graduação, divulgação de bases de dados disponíveis para avaliação, minicursos e palestras são algumas das atividades realizadas pelo Setor de Apoio aos Usuários do Portal Capes na UFMG.

Criado em 2010 e localizado no segundo andar da Biblioteca Central, o setor busca divulgar e estimular o uso do Portal Capes na UFMG e também fora dela. Para tanto, oferece treinamentos personalizados – por chat, e-mail, telefone ou pessoalmente – para alunos, professores e servidores da UFMG e de outras instituições. Além disso, faz intermédio, junto a Capes, de ocorrências e demandas da Universidade.

Fernanda Almeida, uma das bibliotecárias responsáveis pelo setor, afirma que, nos treinamentos, são apresentadas estratégias de buscas em todas as bases de dados disponíveis no Portal Capes. “Abordamos também questões sobre avaliação de periódicos –  Qualis, fator de impacto e outras métricas –, para auxiliar na escolha do periódico para publicação”, explica.

Atividades do setor no primeiro semestre de 2017

Além da capacitação para uso do Portal Capes, são realizados, periodicamente, cursos sobre os gerenciadores de referência Mendeley, EndNote Basic e treinamentos sob demanda. “Neste primeiro semestre de 2017 houve grande procura por parte de professores da pós-graduação para apresentações em sala de aula sobre o Portal Capes, as bases de dados e os gerenciadores de referência”, afirma Fernanda.

Além das apresentações em diversos cursos de pós-graduação da UFMG, o setor ministrou, nos primeiros meses do ano, palestras na II Semana do Bibliotecário, realizada pela Escola de Ciência da Informação, e apresentou, para bibliotecários recém-ingressados na UFMG, os princípios de competência informacional aplicados ao uso do Portal Capes.


Apresentação sobre o Portal Capes na II Semana do Bibliotecário

Por essas e outras atividades, o setor é reconhecido como suporte fundamental à pesquisa científica no Portal e nas bases de dados. “Esse reconhecimento pode ser observado principalmente pelos convites para apresentações em diversas unidades dentro e fora da UFMG, além do encaminhamento de alunos por parte de outras instituições”, afirma Fernanda.

No início deste ano já foram realizados, fora da Universidade, dois minicursos sobre o Portal Capes no IFMG – Campus Almenara, como parte da programação do  VI Seminário de Iniciação Científica, e uma apresentação sobre o Portal e suas bases de dados para integrantes de um programa de pós-graduação do Centro Universitário UNA em Belo Horizonte.

Parceria e próximas ações

A bibliotecária Fernanda afirma que, no próximo semestre, pretende-se intensificar o contato com os programas de pós-graduação da UFMG, reformular o site de divulgação dos treinamentos e participar de eventos como a Semana do Conhecimento, realizada todo segundo semestre na Universidade, e o Simpósio Acadêmico de Estudos Farmacêuticos, organizado pela Faculdade de Farmácia da UFMG.

Para aperfeiçoar essas e outras atividades, o Setor de Apoio aos Usuários do Portal Capes trabalha em parceria com o Portal de Periódicos da UFMG, sob a coordenação do professor Sérgio Cirino. Em uma das ações desse trabalho em conjunto, Fernanda Almeida e Maria Clarice Lima, bibliotecárias do setor, participam da equipe de pesquisa do Projeto Periódicos de Minas. Coordenado por Sérgio Cirino e apoiado pela Fapemig,  esse projeto visa reunir, em um único portal, todos os periódicos de Minas Gerais.

Contato para agendar treinamentos

Treinamentos sobre o Portal Capes, bases de dados e gerenciadores bibliográficos podem ser agendados com as bibliotecárias Fernanda e Maria Clarice pelo telefone (31) 3409-4627 ou pelo e-mail This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Agenda 2030 é tema de Esquenta CBBD

 

Notícia publicada no blog do CRB-6 em 24/07/2017

 

A Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais promoveu, em 18 de julho, o “Esquenta CBBD”, evento que antecede o Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 2017 (CBBD). No encontro, foi discutida a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), que se refere ao conjunto de programas, ações e diretrizes voltadas para o desenvolvimento sustentável. A tesoureira, Denise Ramos (CRB-6/1000), e a coordenadora da Comissão de Bibliotecas Escolares, Sindier Antônia (CRB-6/1542), representaram o Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6).

A mesa redonda foi composta pela presidente da Federação Brasileira de Associação de Bibliotecários (FEBAB), Adriana Ferrari, pela professora da Escola de Ciência da Informação da UFMG, Marília Paiva (CRB-6/2262), e pelo diretor do Instituto ORIOR e articulador do Movimento Minas 2032, Raimundo Soares. Também participaram do debate a coordenadora do Setor de Referência e Estudos da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, Adriana Márcia de Deus (CRB-6/2575), e a coordenadora do Setor de Coleções Especiais da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, Eliani Gladyr da Silva (CRB-6/2524). Lucas Guimaraens, superintendente de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário, mediou o encontro. Anália das Graças Gandini Pontelo, vice-diretora do Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), participou como representante da Comissão Brasileira de Bibliotecas Universitárias (CBBU), uma comissão da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições (FEBAB), presidida pelo bibliotecário Wellington Marçal de Carvalho, diretor do Sistema de Bibliotecas da UFMG.


Marília Paiva (CRB-6/2262) apresentou palestra sobre as bibliotecas e a Agenda 2030

Foram discutidos protocolos da Agenda 2030, referentes aos “17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)” e às 169 metas correspondentes. O debate engloba questões como financiamento, desenvolvimento, tecnologia, capacitação técnica e comércio internacional. O encontro propôs refletir como esses pontos podem ser inseridos nas demandas da Biblioteconomia, e essa avaliação será apresentada no CBBD 2017, em outubro, que nesse ano tem como tema “Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas: como as bibliotecas podem contribuir com a implementação da Agenda 2030”.

Sindier Antônia (CRB-6/1542) considerou o evento esclarecedor e importante para os bibliotecários mineiros. “As apresentações priorizaram a Agenda 2030 e, também, as ações de bibliotecas que estão em consonância com os objetivos do documento da ONU. Há muito a ser colocado em prática e a diversidade de situações em que se encontram nossas bibliotecas demanda mais análises e ações que estejam de acordo com as propostas da Agenda”, afirma. A bibliotecária aproveitou para parabenizar os colegas da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais: “cada vez mais, abrilhantam suas iniciativas e nos deixam orgulhosos do sistema de bibliotecas públicas do nosso estado.”

 

Em defesa do patrimônio documental

Notícia publicada no Boletim UFMG de 17/07/2017.

Biblioteca Universitária e ECI desenvolvem atividades em parceria com a Unesco no âmbito do Programa Memória do Mundo

 

Carla Pedrosa*

 

 

Foi dada a 'largada' para uma viagem interplanetária pelo Sistema de Bibliotecas da UFMG

 

Quem compareceu ao mezanino da Reitoria da UFMG, na manhhã desta segunda-feira (17), pôde participar do primeiro 'embarque' em "Uma viagem interplanetária pelo Sistema de Bibliotecas", exposição que conta, de maneira metafórica, a história das 25 bibliotecas da Universidade Federal de Minas Gerais. 

 

Tendo como referência o Sistema Solar, composto por uma variedade de planetas e outros corpos celestes peculiares que orbitam o Sol, o Sistema de Bibliotecas da UFMG foi representado metaforicamente como um conjunto de ‘planetas do saber’ interconectados que orbitam a Biblioteca Universitária. Textos, depoimentos, fotografias e objetos sobre a história desses ‘planetas’ são envoltos na narrativa metafórica da exposição e resgatam o fio da memória do Sistema que os conecta.
 

 

Da esq. para a dir.: Anália Gandini Pontelo (vice-diretora da BU), Lívia Araújo,  Marcelo Borges, Rita Davis, Dayane Gomes, Carla Pedrosa (equipe responsável pela curadoria e expografia), Wellington Marçal de Carvalho (diretor da BU)  
 

Na abertura da mostra, Wellington Marçal de Carvalho, diretor da Biblioteca Universitária (BU), Carla Pedrosa, jornalista da BU, e Marcelo Borges, professor da Escola de Belas Artes, ressaltaram a importância do trabalho em equipe para viabilizar a exposição. Estiveram presentes na solenidade, a vice-reitora Sandra Regina Goulart Almeida; Benigna Maria de Oliveira, pró-reitora de extensão; Anália Gandini Pontelo, vice-diretora da Biblioteca Universitária; todos os integrantes do grupo responsável pela curadoria e expografia; bibliotecários da UFMG; servidores e alunos da Universidade, além de participantes da 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

A exposição "Uma viagem interplanetária pelo Sistema de Bibliotecas" está em cartaz até o dia 8 de setembro e pode ser visitada no mezanino da Reitoria da UFMG, de segunda a sexta-feira, das 6h às 18h.

                                                                                                                     

                          

Da esq. para a dir.: Lívia Araújo, Dayane Gomes, Marcelo Borges,
Sandra Goulart (vice-reitora) e Carla Pedrosa.
    

 

 

 
 
 
Joomla templates by a4joomla